• samanthamendes3

Quais os passos necessários para a produção em massa de vacinas no Brasil?


Como sabemos, a vacina Coronavac foi desenvolvida em parceria internacional entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac Life Science, do grupo Sinovac Biotech. Para que ocorra uma produção em massa dessa vacina no Brasil, é necessário que a empresa farmacêutica chinesa envie os insumos para que o Instituto Butantã continue com a produção, concluindo a etapa final de produção que é o envase, inspeção e rotulagem da vacina. No dia 04 de março chegou à São Paulo carga importada da China contendo lote com 8 mil litros de insumo para produção da Coronavac, a estimativa é de que o instituto Butantan produza 14 milhões de doses a partir desta matéria-prima e inicie a entrega ao Governo em até três semanas. Lembrando que dia 03 de março foram liberadas 300 mil doses da Coronavac ao Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. Esse valor somado aos lotes anteriores totalizam 14,45 milhões de doses já distribuídas.


Segundo o governador de São Paulo está sendo realizada uma obra de fábrica que irá permitir a produção da Cornavac 100% nacional, sem a dependência dos insumos importados da China. A estimativa é que a obra seja finalizada em outubro, para que em novembro e dezembro ocorra a instalação dos equipamentos e por fim em dezembro teremos a primeira dose desta vacina produzida nacionalmente.


Já a CoviShield, vacina criada em parceria entre Oxford e o laboratório AstraZeneca, é produzida pelo laboratório Fiocruz aqui no Brasil. Atualmente 4 milhões de doses da vacina foram importadas da Índia e entregues prontas nos meses de janeiro e fevereiro. E no final de fevereiro chegaram ao Brasil dois lotes de insumos importados da China para produção da vacina em larga escala, que começou no dia 08 de março. No geral, a Fiocruz tem previsão de entregar ao Programa Nacional de Imunizações, 3,8 milhões de doses em março, 30 milhões em abril, 25 milhões em maio, 25 milhões em junho e 16,6 milhões em julho. Obviamente esses números são dependentes do recebimento de insumos que tem previsão para serem entregues em abril, maio e junho.


Ufa! ficou bem mais claro agora não é? Fiquem ligados aqui para mais informações!

3 views0 comments

Recent Posts

See All

Molecular Immunology Lab

© 2020 Bortoluci's Lab - São Paulo Vila Clementino

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram